Aborto, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor


Existe uma diferença entre ser a favor do aborto e ser a favor da legalização do aborto, uma significa ser a favor de envenenar e triturar o cérebro de fetos indefesos; a outra é ser a favor de legalizar a primeira em algumas ou em todas a situações mesmo que se ache ou não que é um ato deplorável. Numa sociedade onde o sexo casual e deliberado é promovido pela mídia e por setores de uma sociedade hipócrita. Muitas pessoas ficam sujeitas a ter um filho indesejado e são obrigadas a ter de criar uma criança só porque a “sociedade hipócrita” assim deseja.
Existe uma infeliz nomenclatura para denominar aqueles que são contra o aborto, são chamados de “pró-vida”, como se os outros não fossem a favor da vida. Já os a favor do aborto são chamados de “pró-escolha”, que é exatamente o que negam aos abortados, qualquer escolha. Então chega de amorzinho e vamos direto ao assunto, antes de qualquer coisa, vivemos num Estado laico, então, nada de argumentos meramente religiosos.

Motivos para ser favorável à descriminalização do aborto:

1- A mulher tem direito de fazer O QUE QUISER com o próprio corpo, tem o direito fazer suas próprias escolhas e viver como desejar, pois viver sem poder escolher não é nada mais nada menos do que transformar a vida numa prisão das circunstâncias.
2- Uma pesquisa feita em Nova Iorque constatou que depois da legalização do aborto, os índices de criminalidade diminuíram, menos pessoas pobres e indesejadas, menos crimes, menos gastos com saúde, educação, etc. Menos pobres é menos pobreza.

3- Com a criminalização do aborto, as mulheres ricas vão para clínicas privadas, onde são muito bem tratadas, e as pobres são obrigadas a ir a lugares sem as mínimas condições necessárias. Logo, as ricas são bem cuidadas e as pobres sofrem risco de vida.
4- Como dizem muitos, a vida do feto não merece ser respeitada, não a nível de um ser humano, a vida pela lei começa quando o feto sai da barriga da mãe com vida, ali começam seus direitos.No aborto por nascimento parcial, o médico pega o feto pelo pé e antes de a cabeça passar ele a perfura, segundo a lei isso é aborto, não assassinato.
5- A super-população traz uma série de problemas, entre eles, a falta de recursos, que leva uma enorme quantidade de pessoas a viver na miséria.
6- Uma mulher não deveria gerar uma gravidez que não desejou, se uma mulher tomou todos os cuidados e usou os métodos contraceptivos, ao se ver vítima do destino, tendo uma gravidez indesejada deveria poder interromper a gravidez. Se não há dolo, não deve haver consequência.
7- Um filho requer AMOR e carinho, uma criança que nasce de uma gravidez indesejada pode vir a ser vítima de frustrações precoces.
8- A criminalização do aborto é mais um instrumento de opressão aos direitos das mulheres.
9- Muitas mulheres vítimas de estupro, são obrigadas a carregar no ventre um doloroso fardo que a remeterá para sempre do violência que sofreu. Nesse caso, a mulher não deve prosseguir com uma gestação indesejada só por causa da opinião da sociedade.
10- As mulheres estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo, quando engravidam jovens, são obrigadas a perder toda a sua juventude para criar de uma criança que muitas vezes nem pai presente terá. A gravidez na adolescência compromete os estudos e a carreira da jovem. Se o aborto foi legalizado, essa mazela seria sanada.

Motivos para ser contrário à descriminalização do aborto

1- Caso você leia a constituição brasileira, ela assegura o direito a vida, o primeiro e mais importante direito. Sem o direito de viver não há o que se falar dos outros direitos, como o direito de expressão, ir e vir, de associação, de crença, etc. 1.1- A jurisprudência atual tende a crer que a vida começa na concepção, mesmo que a ciência ainda não tenha chegado numa conclusão quanto ao tema. Ainda nessa linha, o que nossa legislação proíbe é que um terceiro pratique o aborto, posto que, na prática, tanto o feto como a grávida são as vítimas do ato. 1.2- Para que ter direito de escolha se não há direito de viver, qualquer pessoa de bom senso reconhece que o direito de viver é mais importante quando comparado ao direito de escolher.
2- A partir da fecundação, é criado um novo ser que tem o DNA do pai e da mãe, é um ser diferente de qualquer outro existente no universo, único. Sua existência deveria ser respeitada, pois a única coisa que a separa de um adulto são os fatores nutrição e tempo.
3- Não ser a favor da vida seria em si só um ato hipócrita, uma vez que estamos negando a outros um direito de que nós mesmos gozamos sem que tenhamos pedido ou almejado a gozar. Seria um ato egoísta, uma vez que zelamos tanto por nossas vidas, mas desprezamos a vida alheia. 3.1-É inegável que a vida humana deve ser respeitada e não coisificada, como se o feto fosse um objeto que se destrói e depois se joga fora. Nem animais são tão desrespeitados. Aliás, defensores dos animais não são tão ridicularizados do que os que defendem os fetos.

4- Nos Estados Unidos, onde o aborto é legalizado, cerca de 4 em cada 5 mulheres que o requerem são negras ou latinas, o aborto nesse caso serviria para fazer uma limpeza social. 4.1- Nova Iorque diminuiu sua criminalidade por causa da legalização do aborto ou devido à revolução que a cidade sofreu na forma de encarar a violência, mais conhecida como tolerância zero? 4.2- Uma pessoa não pode ser impedida de nascer só por causa de sua condição social, etnia, origem, etc. Pessoas ruins nascem em más condições, mas a GRANDE maioria das pessoas que nascem em más condições são pessoas íntegras e boas, vide as pessoas que passam por orfanatos ou crescem nas favelas. São todas bandidas ou são na sua maioria trabalhadores que encaram os obstáculos da vida? Pobres têm direito de viver, tanto quanto os ricos.
5- Com o aumento da expectativa de vida e diminuição da taxa de natalidade, em pouco tempo haverá um inversão na pirâmide demográfica, fazendo com que haja uma carência de pessoas que trabalhem para sustentar a previdência e seguridade social, mais pessoas seriam desejadas.
6- O aborto prejudica o corpo da mulher, além dela correr risco de MORRER, existe um aumento da probabilidade real da mulher após o aborto: 6.1. Sofrer de problemas de ordem psicológica, 6.2. Ter um aborto natural em futuras gestações, 6.3. Desenvolver câncer e outras doenças.
7- Em muitos casos, fetos guerreiros e heróicos sobrevivem às várias tentativas de aborto, uma vez que antes de nascer, já existe inteligência para poder brigar por suas próprias vidas. Infelizmente, a grande maioria desses fetos indefesos e inocentes carregam sequelas pelo resto de suas vidas. A dor pode ser sentida a partir do terceiro mês de gravidez. O aborto consiste em sofrimento para um ser que nada fez para sofrer. Legalizar a prática é aceitar a injustiça contra quem só almeja o justo direito de nascer.
8-Toda a mulher tem direito de fazer suas decisões, de escolher quando ter filhos, de ter domínio sobre o próprio corpo! SIM! Metade dos fetos abortados são do sexo feminino e tem o direito de fazer suas decisões.
9- A mulher tem direito de fazer o que quiser com o próprio corpo. SIM! O. Feto não faz parte do corpo da mulher, ele não é um prolongamento do corpo da mulher, ele é um ser próprio que está instalado no corpo da mulher. Ele é o sujeito ativo. O feto está dentro do corpo feminino e isso não faz com que seja parte dele, nem que a mulher tenha direito de retirá-lo a bel prazer como método contraceptivo. Muitos alegam que o feto é um “invasor não convidado” e por isso dizem que a mulher teria o direito de expulsá-lo do seu corpo, matando-o. Imaginemos que, fazendo a mesma correlação um bebê invada o carro de uma mulher, poderia ela expulsá-lo do carro se este já estivesse em movimento, matando-o por consequência?
10- AMOR, sim, amor ao próximo, amor à vida do próximo, sentimento que não é exclusividade de nenhum grupo defensor de uma filosofia qualquer, pois é próprio do ser humano. Não devemos aceitar que seja feito com o feto o que não gostaríamos que fosse feito conosco.
Aborto, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor Aborto, 10 motivos para ser contra, 10 motivos para ser a favor Reviewed by Educa Bolso on 16:07:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD